Diário – percepção das coincidências

06 – Sexta de tardesinha ela me ligou, dizendo que pensou em algumas coisas e chegou a algumas conclusões. Então na sexta a noite conversamos sobre os assuntos que ela pensou. O principal é que ela se deu conta que estava muito dependênte das atividades impostas pela família. O seja, sentia falta de liberdade para poder se programar e fazer as coisas que gosta. Outra palta é as nossas diferenças como pessoas e como valores. Porem deste assunto, não conseguimos concluir.

07/08 – Na tarde fui fazer a sesão que precisava para me limpar de certos problemas que tinha. Na consulta conversamos sobre relacionamentos. Conversamos que era muito importante casais darem um tempo para que possam pensar na sua individualidade. E assim concluir todas as coisas que fazem mal a um relacionamento. Isso até que a mestra chegasse, chegando ela me falou que o que eu tinha ido buscar era real. E que eu deveia cuidar para não me envolver no mesmo problema novamente.

A noite, fui sozinho para capital encontrar com ela, onde íamos para uma festa cuja data era comemorativa do aniversário de uma amiga. Acabei por me perder em porto e fiquei quase 1 hora procurando o tal do bar. Pedi informação para umas 8 pessoas, até chegar na festa. Chegando na festa decidimos ir para outro lugar pois a fila estava muito extensa e não íamos conseguir entrar cedo. Indo para uma segunda festa, também decidimos ir embora por não curtir a festa. Num bar ficamos um pouco mais de tempo. Depois saímos e fomos para um motel, onde meigamente ficamos metade da noite entre carícias e intimidades. Estava maravilhoso, um sonho. Até o momento que ela me conta que ficou com outra pessoa enquanto estivemos separados. Eu pirei. Fiquei muito mal. Me senti um completo idiota, pq ela sempre me cobrava que fosse fiel, enquanto isso, ela não foi. Concluindo: ela estava jogando comigo até agora, me mantendo em segundo plano, para q se nada desse certo na vida dela, ela poderia voltar pra mim. Pronto, voltamos pra casa, e no caminho paramos para conversar, pq tinham mtas coisas engasgadas. Desabafei o como eu me sentia e todas as coisas ruins que ela estava fazendo pra mim. E então fomos embora.

09 – Ela não conversou comigo no msn o dia inteiro. Ficou me ignorando e disse que tinha dado problema. E que a noite iríamos conversar sério.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: